Inverno, estação mais fria do ano. Pensando bem, será mesmo?!

FOLDER

No inverno o vento conversa conosco todos os dias e nem notamos, tem dias que está calmo e sereno e tem dias que está agitado, querendo falar tudo ao mesmo tempo e quando, ele está calmo, depois se agita e se acalma, e te conforta? Isso te lembra algo? Nós, seres humanos, inquietos, dispersos, calmos, agitados, com dias de fúria, de alegria, de amores, de desamores, de felicidade, de tristeza. Nesta época do ano o vento se comporta como nós e muitas vezes traz a chuva que são suas lágrimas de alegria, e tristeza, já pensou nisso? Inverno frio, será mesmo? Nesta época estamos mais próximos de quem amamos, de quem gostamos, de quem queremos conhecer, buscamos o calor na aproximação de alguém que nos faça bem.
O vento é tão companheiro nessa época que quando acordamos só o ouvimos, e ele toca como se fosse a bela sinfonia na qual Vivaldi descreve cada detalhe desta estação tão linda,  com notas e melodia memoráveis, o bela Winter ,lhe conta suas histórias, cheias de sentimentos, através de sons sem frases, sem palavras, sem narrativas, faz uso dos sentidos que menos usamos, a atenção, o ouvir e entender sem ter frases para explicar, algo que só seu corpo sabe interpretar e que te faz sorrir, pois mesmo que esteja só sabe que o universo fala com você através de algo tão simples e natural, como o vento. A chuva que cai lá fora, lhe traz mais frio a beira da janela, onde está a pensar no seu dia, ou no que aconteceu há 1 ano naquela mesma data, lembranças, amores, sofrimentos, obstáculos vencidos, felicidades, momentos inesquecíveis, tempos que não irão voltar, mas que podem ser apreciados com uma caneca de chocolate quente e um cobertor sobre as costas, momento único e tão precioso. Nossas memórias são como diamantes valiosos com vários lados para serem recordados e nos sentirmos bem. E como dizer que essa estação é tão fria? Sendo que nossos corações estão tão quentes e palpitantes porque o inverno é o infinito.

O corpo não quer se esquentar apenas pela forma física mas sim, quer sua tão aflorada alma receba este calor nesta estação tão delicada, atenuada, onde se valoriza o mais simples e singelo detalhe natural como foram detalhados o vento e a chuva.

Aproveitar o sol que não nos queima mas nos aquece como um sopro leve e tão fino que nos traz a paz e tranquilidade para aproveitar cada segundo. O céu mais azul que se possa ver em todas as estações, será ele o responsável por esta quietude da vizinhança? Com nuvens leves, frisadas e branquíssimas, tão altas como se estivéssemos nos Alpes, talvez.

Da vontade de abraçar mais, tomar chocolate quente juntos, fazer bolo, pão, chá, de ficar na cama quentinho, ler um livro, ver filme de baixo das cobertas, sentar na frente da lareira e conversar sobre o seu dia. Chegar em casa logo para tomar aquela sopa quentinha que só sua avó sabe fazer, apreciar o dia lá fora através da janela. (Que delícia!)

Todos tão elegantes nas ruas, lembrando as lindas e belas ruas de Paris, Londres, todos vestidos com seus cachecóis, luvas, casacos, saias, meias, botas, a elegância refinada por esta estação tão fina como o vento que nos acompanha ao longo dela e nos deixa mais belos, com rostos corados pelo sol e pelo vento, os olhos nessa época do ano são mais expressivos e tão presentes como se as palavras não fossem necessárias. Os olhos se comunicam como se não houvesse o tempo, espaço, e tudo fosse congelado em um simples sentimento que só os que se observam sabem como  é sentir e expressar e retribuir, ou, simplesmente, partir  e guardar aquele segundo, porque até os corações param por questão de segundos, para melhor compreender o que está havendo, e o cérebro, que se preocupa em guardar aquela seleção de imagens em uma gaveta especial que irá te fazer sorrir quando se recordar do momento, e o significado será eterno. Pois, os segundos, se tornaram uma lembrança de acontecimentos adoráveis, seriam como a linda canção de Vivaldi. A intensidade da lembrança não está no tempo, mas sim, no que se vive, e o que cada um determina ser importante para si mesmo, e numa estação tão linda como o inverno procure a beleza que ela te traz, nos detalhes mais simples como a de estar junto, sentir, ouvir, mesmo que não sejam palavras, e, aproveite tudo isso no nosso festival de sopas que está divino com sua família, amigos e amor. Hotel Panamby São Paulo deseja a você o mais lindo, aconchegante inverno!

Entre em contato com os Hotéis Panamby.

*Hotel Panamby São Paulo, localizado aos principais Centros de Exposições e fácil acesso a Marginal Tietê

www.hotelpanambysaopaulo.com.br

* Hotel Panamby Guarulhos, localizado a 10 minutos do aeroporto internacional de Guarulhos e com traslado aeroporto X hotel X aeroporto gratuito.

www.panamby.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s